Educação Especial e o Intérprete de Libras

CARGA HORÁRIA:
140 HORAS
DISPONÍVEL POR:
60 DIAS
HORAS COMPLEMENTARES
15 HORAS

Pra quem é este curso:

Público em geral interessados em adquirir conhecimento acerca da Educação especial e da atuação do Intérprete de Libras.

Sobre o Curso?
O que você vai aprender

O curso Educação Especial e o Intérprete de Libras, por meio da Educação a distância, oferece a todos os interessados conhecimentos a cerca da Educação especial bem como conhecimentos a cerca do trabalho do intérprete de Libras.

  • Atendimento educacional aos educandos com necessidades especiais;
  • Progressão sócio-histórica;
  • Educação especial inclusiva;
  • Educandos com necessidades especiais;
  • Casos de necessidades especiais de ordem mental mais frequentes na escola;
  • Distúrbios de aprendizagem;
  • História da educação especial no Brasil;
  • Iniciativas oficiais e particulares isoladas;
  • Período de 1854 a 1956;
  • Iniciativas oficiais de âmbito nacional;
  • Período de 1957 a 1993;
  • Política nacional de educação inclusiva;
  • Legislação e normas;
  • De 1961 a 1971;
  • De 1972 a 1985;
  • De 1986 a 1993;
  • LDB - lei de diretrizes e bases da educação no Brasil (1996);
  • Fragmento do texto da lei 9394/96, de 20 de dezembro de 1996;
  • Planos nacionais de educação;
  • De 1962 a 1971;
  • De 1972 a 1985;
  • De 1986 a 1996;
  • Diretrizes e metas para a educação especial, segundo o plano nacional de educação atual;
  • Diagnóstico;
  • Diretrizes;
  • Objetivos e metas;
  • Resumo da legislação referente à educação inclusiva;
  • De 1988 aos dias atuais;
  • Procedimentos didáticos especiais;
  • Aprendizagem escolar;
  • Sugestões de recursos de acesso ao currículo para alunos com necessidades especiais, segundo necessidades específicas;
  • Projeto de brinquedoteca ;
  • Jogos e atividades lúdicas;
  • Sensório-motor;
  • Educação infantil;
  • Tipos de atividades;
  • Sugestões de atividades;
  • Histórias infantis;
  • Pensamento lógico;
  • Imaginação e criatividade;
  • Brinquedos (sugestões);
  • Glossário das necessidades especiais/educação especial;
  • Referências bibliográficas.
  • Intérprete de língua de sinais na inclusão: tradutor ou professor?
  • Intérprete de língua de sinais;
  • Tradutor ou professor?
  • Aluno surdo x intérprete x professor: perspectiva na área educacional inclusiva;
  • O papel do intérprete de libras;
  • Orientação aos pais;
  • Reflexões sobre a inclusão escolar do aluno surdo;
  • Resolução do encontro de montevidéu;
  • Mediador x intérprete: a diferença na função e na aprendizagem dos alunos surdos;
  • Regulamento para atuação como tradutor e intérprete de língua de sinais;
  • Regulamento dos intérpretes da FENEIS-RS;
  • Da ética do profissional intérprete;
  • Da comissão de ética;
  • Da postura ética na hora do contrato;
  • Modelos de tradução e interpretação;
  • Modelo cognitivo;
  • Modelo interativo;
  • Modelo interpretativo;
  • Modelo comunicativo;
  • Modelo sociolingüístico;
  • Modelo do processo de interpretação;
  • Modelo bilíngue e bicultural;
  • Considerações históricas;
  • Lei de libras - lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002;
  • Decreto nº 5.626, de 22 de dezembro de 2005;
  • Lei nº 12.319, de 1º de setembro de 2010- regulamenta a profissão de tradutor e intérprete da Língua brasileira de sinais - libras;
  • Considerações finais;
  • Referências bibliográficas.